Avançar para o conteúdo

Agência Pixelnove

Início » Audiovisual brasileiro: oportunidades para o varejo

Audiovisual brasileiro: oportunidades para o varejo

O mercado audiovisual brasileiro está em expansão, com crescimento projetado de 5% até 2025. Essa tendência deve beneficiar também o setor varejista, que já é um grande consumidor de produções audiovisuais.

O estudo Inside Video 2023, produzido pela Kantar IBOPE Mídia, aponta que as produções audiovisuais impactaram 99,6% da população brasileira em 2022. Desse total, 78,7% do tempo do consumo domiciliar é dedicado à televisão linear (TVs aberta e paga) e 21,3% às plataformas online.

Dados da Agência Nacional do Cinema (Ancine) também confirmam a expansão do setor audiovisual no Brasil. O número de registros de obras publicitárias audiovisuais aumentou 2,4% entre 2021 e 2022, chegando a 39.474 títulos.

A recente aprovação da Lei Paulo Gustavo, que destina R$3,8 bilhões para o fomento do audiovisual brasileiro, deve impulsionar ainda mais o setor. Esse aporte deve beneficiar tanto a produção cinematográfica quanto a publicitária, além da indústria audiovisual em sua totalidade.

As oportunidades para o varejo no mercado audiovisual são significativas. As empresas do setor podem aproveitar essa tendência para se comunicar de forma mais eficiente com seu público-alvo e aumentar suas vendas.

É essencial que os gerentes de Marketing das varejistas estejam cientes da força da produção audiovisual publicitária. Conhecer muito bem o calendário promocional do seu negócio, desenvolver planejamento e estabelecer cronograma estratégico são ações que estimulam ideias e geram resultados cada vez mais eficazes. Por isso, planejamento e frequência são essenciais para se comunicar com o público diariamente. Manter-se frequentemente junto com o consumidor, a partir de produções audiovisuais durante todo o ano, faz com que a marca varejista seja lembrada mais facilmente, convertendo as vendas com mais eficiência.